Lição 5: Conjugação Coreana: Passado, Presente, Futuro

Esta Lição também está disponível em English, Español, Français, Русский.

 

 

Vocabulário

O vocabulário está separado em substantivos, verbos, adjetivos e advérbios com o objetivo de simplificar.

Clique na palavra em português para ver informações e exemplos dessa palavra em uso (provavelmente, você não entenderá a gramática contida nas frases neste momento, mas é bom ver à medida que avança em seu aprendizado).

Um arquivo PDF apresentando organizadamente estas palavras e informações extras pode ser encontrado aqui.

Substantivos:
동생 = irmão mais novo (qualquer gênero)
남동생 = irmão mais novo
여동생 = irmã mais nova
= irmão mais velho
오빠 = irmão mais velho
누나 = irmã mais velha
언니 = irmã mais velha
삼촌 = tio
이모 = tia (por parte de mãe)
고모 = tia (por parte de pai
아저씨  = homem mais velho sem parentesco com você
아주머니 = mulher mais velha sem parentesco com você
할아버지 = avô
할머니 = avó
친구 = amigo
사진 = fotografia
안경 = óculos
비밀 = segredo
= chuva
가게 = loja
박물관 = museu
가스 레인지 = fogão (a gás)
오리 = pato
꼬리 = rabo, cauda
= bola

Verbos:
기대하다 = esperar
건너다 = atravessar
던지다 = jogar, lançar
싫어하다 = não gostar
떠나다 = ir embora, deixar algum lugar
농담하다 = brincar, fazer piada
공부하다 = estudar

Adjetivos:
지루하다 = ser entediante
마르다 = ser magra demais (uma pessoa)
멀다 = estar longe
마르다 = estar seco
비슷하다 = ser similar, parecido
싫다 = não ser bom
오래되다 = ser velho (um objeto)
배고프다 = estar com fome

Advérbios e Outras Palavras:
오늘 = hoje
어제 = ontem
내일 = amanhã
모레 = o dia depois de amanhã
= ano
= dia
시간 = hora

Dias da Semana:
월요일 = segunda
화요일 = terça
수요일 = quarta
목요일 = quinta
금요일 = sexta
토요일 = sábado
일요일 = domingo

Há 1050 vocábulos na Unidade 1. Todos eles tem um link para um arquivo de áudio. Você pode fazer o download de todos esses arquivos em um pacote aqui.

Para ajudar a memorizar essas palavras, experimente o nosso Memrise.

 

 

 

Como dizer “eu” ou “me/mim” em coreano

Antes de tudo, eu quero destacar a diferença entre “eu” e “me/mim” em português. Você verá que aprender um novo idioma aumentará muito o seu entendimento da sua língua materna e de idiomas em geral. Quando o locutor é o sujeito da frase, usamos “eu”. Quando o locutor é o objeto (ou tem outra função) de uma frase, usamos “me/mim”. Por exemplo:

Eu te amo (“eu” é o sujeito da frase)
Você me ama (“me” é o objeto da frase)

Em coreano, a mesma palavra é usada para dizer “eu” ou “me/mim”. Ou seja, não há diferença na palavra coreana se ela for usada como sujeito ou objeto. Entretanto, lembre-se que partículas diferentes deverão ser adicionadas a essas palavras.

Apesar da palavra em coreano para “eu/me/mim” não mudar baseada no seu uso em uma frase, ela muda de acordo com o nível de educação de uma frase. Por exemplo:

저 significa “eu/me/mim” e é usada em situações formais
나 significa “eu/me/mim” e é usada em situações informais

~는 pode ser adicionada a 저 e 나 para indicar que “eu” é o sujeito de uma frase. Por exemplo:

저는
나는

(Eu não estou disponibilizando exemplos propositalmente porque você ainda não aprendeu a conjugar. Você finalmente aprenderá sobre conjugações nesta lição)

~를 pode ser adicionar a 저 e 나 para indicar que “me/mim” é o objeto de uma frase. Por exemplo:

저를
나를

(Eu não estou disponibilizando exemplos propositalmente porque você ainda não aprendeu a conjugar. Você finalmente aprenderá sobre conjugações nesta lição)

~가 pode ser adicionada a 저 e 나 para indica que “eu” é o sujeito de uma frase ou sentença. Eu já fiz uma análise breve da diferença entre ~이/가 e ~은/는 na Lição 2. A diferença entre essas partículas é bastante sutil e leva anos para dominar. Eu discuto essas diferenças de maneira mais profunda na Lição 17 e Lição 24, mas isso não é muito importante para você agora. O que é importante agora para você é que lembre que, quando ~가 é adicionada, 나 muda para 내, e 저 muda para 제. Por exemplo:

내가
제가

(Eu não estou disponibilizando exemplos propositalmente porque você ainda não aprendeu a conjugar. Você finalmente aprenderá sobre conjugações nesta lição)

Nas lições abaixo, todas as frases estão conjugadas em um estilo informal. Logo, todos os exemplos abaixo usam o informal “나” ou “내”. Nesta lição, não se preocupe com formalidade e apenas concentre-se na informação que eu apresento. Na próxima lição, você aprenderá mais sobre discurso formal e informal, e verá “저” e “제” sendo usadas.

 

 

 

Como dizer “você”

Você deve ter percebido que eu ainda não ensinei uma das palavras mais comuns da língua portuguesa. Eu sei que parece estranho, mas a palavra ‘você’ não é muito falada em coreano. Os coreanos conseguem evitar dizer a palavra ‘você’ de diversas maneiras:

  1. Na maioria das vezes, você usa a posição de uma pessoa (normalmente, o emprego) ao se referir a ela ou falar sobre ela. Por exemplo, chefe (부장님), diretor (교장선생님), vice-diretor (교감선생님), Sr. Nome (para um professor) (Nome선생님), cliente (고객님), convidado (손님), 회장님/사장님 (presidente/CEO de uma empresa).
  2. É muito comum em coreano se referir às pessoas que são próximas a você como membros de sua própria família. Por exemplo, 오빠 significa “irmão mais velho” (quando você é uma mulher). Mas, mesmo se alguém não for seu irmão mais velho, você pode chamá-lo de ‘오빠’ se vocês forem próximos.
  3. Geralmente, você pode chamar qualquer mulher ou homem que pareça muito velho de “avó” e “avô” (할머니/할아버지). Fora isso, você não chama alguém como parte da sua família a não ser que seja próximo dessa pessoa.
  4. Você, normalmente, pode chamar qualquer homem ou mulher que não conhece de ‘아저씨’ (homem) e ‘아주머니’ (mulher).
  5. Em situações informais, você pode usar a palavra “너”. ~는 e ~를  podem ser adicionadas a “너” quando “você” é o sujeito ou objeto de uma frase, respectivamente. Se ~가 é adicionada a ~너, ela muda para “네가”. Para diferenciar a pronúncia de “네가” e “내가” (que, tecnicamente, deveriam ser pronunciadas da mesma forma), “네가” é pronunciada como “ni-ga”.
  6. Você também pode usar a palavra “당신”, que significa “você”. Você pode usar esta palavra quando falar com qualquer pessoa, mas os coreanos quase nunca a usam. A maior parte das pessoas que dizem ‘당신’ são estrangeiros e só fazem isso porque estão muito acostumados a dizer “você” em uma frase.

 

 

Conjugação Básica: Passado, Presente, Futuro

Como eu mencionei em todas as lições até agora, toda frase que você aprendeu até aqui não foi conjugada. Todas as frases que você aprendeu até o momento não seriam utilizadas em coreano porque elas não estão conjugadas. Eu achei que você precisava saber a estrutura básica das frases antes de aprender a conjugar. A boa notícia é que conjugar em coreano é muito mais fácil do que em outras línguas (incluindo português e, especialmente, francês!).

 

Uma observação importante antes de começar

Esta lição mostrará como conjugar verbos para o passado/presente/futuro da forma mais básica. Apesar de todas as conjugações estarem gramaticalmente corretas, elas são raramente usadas em uma conversa. Esta forma às vezes é chamada de “forma de diário” porque é normalmente usada ao escrever para si mesmo em um diário. Também é usada ao escrever provas, livros (não em diálogos), artigos de pesquisa, jornais, revistas, e em outros momentos em que alguém não estiver falando/escrevendo para uma pessoa específica. Também é chamada de “forma simples”.

Se você usar esta forma em uma frase, deve usar “나”, pois esta conjugação é vista como informal. Assim, durante esta lição, você verá a palavra “나” sendo usada para “eu”. Porém, como eu mencionei, esta conjugação também é usada em impressos (livros, jornais, artigos etc…). Quando isso acontece, a frase não é formal nem informal – já que ela só está estabelecendo fatos. Quando usada dessa maneira, nenhuma pessoa específica é o locutor e ninguém é diretamente direcionado. Logo, você não costuma ver “저” ou “나” nessas formas em coreano e não há necessidade de ver esses textos como formais ou informais.

É possível usar essa forma “simples” ou “de diário” em uma conversa, mas você terá mais chance de ver uma das conjugações discutidas na próxima lição. Apesar da forma simples não ser muito comum em uma conversa, esta conjugação é incrivelmente importante se você quiser entender a gramática mais complexa depois ou aprender a ler a maioria das formas impressas em coreano (livros, jornais etc…). Você aprenderá as conjugações mais importantes para conversas na próxima lição, mas eu recomendo de verdade que você entenda as conjugações apresentadas nesta lição primeiro.

A única parte do discurso que é conjugada em coreano é verbo e adjetivo (e 이다). Como você já sabe, uma frase deve terminar em um verbo ou adjetivo ou 이다.

Vamos dar uma olhada em como conjugar verbos e adjetivos no passado, presente e futuro.

 

 

 

Verbos

Presente

Quando a última sílaba do radical terminar em uma consoante, você deve adicionar ~는다 ao radical da palavra:

먹다 = 먹는다 = comer (먹 + 는다)
닫다 = 닫는다 = fechar (닫 + 는다)

Exemplos:

나는 문을 닫는다 = Eu fecho a porta
나는 밥을 먹는다 = Eu como arroz

Quando a última sílaba do radical terminar em uma vogal, adicione ~ㄴà última sílaba seguida por 다:

배우다 = 배운다 = aprender (배우 + ㄴ다)
이해하다 = 이해한다 = entender (이해하 + ㄴ다)
가다 = 간다 = ir (가 + ㄴ다)

Exemplos:
나는 친구를 만난다 = Eu encontro um amigo
나는 그것을 이해한다 = Eu entendo isso
나는 한국어를 배운다 = Eu aprendo coreano
나는 집에 간다 = Eu vou para casa

 

Passado

Antes de aprender isto, você precisa saber uma coisa importante. A gramática coreana é baseada em adicionar coisas diretamente a verbos ou adjetivos para criar um significado específico. Por exemplo, anteriormente você viu como ~는다  ou ~ㄴ다 podem ser adicionados ao radical de um verbo com o objetivo de conjugá-lo para o presente.

Centenas de princípios gramaticais (não apenas conjugações, mas princípios gramaticais que têm significados reais em frases) são criados adicionando certas coisas aos radicais de verbos e adjetivos. Você aprenderá mais sobre isso em próximas lições conforme avança em seus estudos. Por exemplo, esta é uma lista de adições para os radicais de verbos e/ou adjetivos que servem para criar um significado específico:

  • ~기 para criar um substantivo a partir de um verbo ou adjetivo (Lição 29)
  • ~아/어서 para dar razão (Lição 37)
  • ~(으)시 para indicar um agente de ação honorífica (Lição 39)
  • ~(으)세요 para fazer uma ordem (Lição 40)
  • ~자 para fazer uma sugestão (Lição 44)
  • ~아/어야 하다 para indicar que alguém deve fazer alguma coisa (Lição 46)
  • ~ㄴ/는다고 para citar alguém (Lição 52)

A lista poderia continuar para sempre.

Note que alguns desses princípios gramaticais exigem a adição de “~아/어”. Muitos princípios gramaticais (ou conjugações, ou qualquer outra coisa) exigem a adição de “~아/어” ao radical de um verbo ou adjetivo. Perceba que a “barra” indica que você precisa escolher o que deve realmente ser adicionado ao radical. Em alguns casos, é “~아” e em outros, “~어”. A seguir está a regra que você pode usar para determinar se deve adicionar “~아” ou “어”:

  • Se a última vogal do radical for ㅏ ou ㅗ (isso inclui casos raros da última vogal ser ㅑ ou ㅛ), adicione ~아 seguido pelo restante do princípio gramatical. (A única exceção é  “”. Se a última sílaba de um radical for ““, ~ deve ser adicionado ao radical seguido pelo restante do princípio gramatical em vez de ~아).
  • Se a última vogal de um radical for qualquer coisa exceto ㅏ ou ㅗ, adicione ~어 seguido do restante do princípio gramatical.

Ao conjugar para o passado, você precisa adicionar “~았/었다” ao radical da palavra (ou

였다 no caso de 하다). Seguindo a regra acima, ~았다 é adicionado às palavras cuja última vogal é ㅗ ou ㅏe ~었다 é adicionado às palavras cuja última vogal é qualquer coisa diferente de ㅏ ou ㅗ. Finalmente, ~였다 é adicionado às palavras cuja última sílaba é “하”. Por exemplo:

나는 밥을 먹다 = Eu como arroz (note que esta frase não está conjugada)
A última vogal do radical éㅓ. Não é ㅏ ou ㅗ. Logo, adicionamos 었다 ao radical:
나는 밥을 먹었다 = Eu comi arroz (먹 + 었다)

나는 문을 닫다 = Eu fecho a porta (note que esta frase não está conjugada)
A última vogal do radical éㅏ. Logo, adicionamos 았다 ao radical:
나는 문을 닫았다 = Eu fechei a porta (닫 + 았다)

나는 창문을 열다 = Eu abro a janela (note que esta frase não está conjugada)
A última vogal do radical éㅕ. Não é ㅏ ou ㅗ. Logo, adicionamos 었다 ao radical:
나는 창문을 열었다 = Eu abri a janela (열 + 었다)

나는 한국어를 공부하다 = Eu estudo coreano (note que esta frase não está conjugada)
A última sílaba do radical é “하”. Logo, adicionamos ~였다 ao radical:
나는 한국어를 공부하였다 = Eu estudei coreano (공부하 + 였다)

O que torna isso complicado (no início) é que, para verbos cuja última sílaba termina em vogal (incluindo 하다), ~았다/었다 se juntam ao radical. É assim que ~아 e ~어 se unem às sílabas terminadas em vogal:

  • 아 + 아 = 아 (exemplo: 가 + 았다 = 갔다)
  • 오 + 아 = 와 (exemplo: 오+ 았다 = 왔다)
  • 우 + 어 = 워 (exemplo: 배우+ 었다 = 배웠다)
  • 이 + 어 = 여 (exemplo: 끼+ 었다 = 꼈다)
  • 어 + 어 = 어 (exemplo: 나서 + 었다 = 나섰다)
  • 여 + 어 = 여 (exemplo: 켜다 + 었다 = 켰다)
  • 하 + 여 = 해 (exemplo: 공부하다 + 였다 = 공부했다)

Apesar de ser possível escrever 하 + 여 como “”, haverá algumas situações (normalmente, documentos oficiais) em que você verá o uso de “하여” em vez de “”:

  • Palavras cuja última vogal é “ㅡ” (por exemplo: 잠그다) são complicadas e serão estudadas na Lição 7.

Muitas pessoas já me perguntaram: “Como eu junto ~아/어 a vogais complexas como  ㅠ, ㅑ, ㅔ etc…?”. Você descobrirá que o radical de quase todos os verbos e adjetivos em coreano não terminam nessas vogais complexas. As palavras mais comuns que eu consigo pensar que tem um radical terminado em uma dessas vogais complexas são:

바래다 (desvanecer, desaparecer)
매다 (amarrar)
메다 (colocar/carregar algo no ombro)

Com essas palavras (e outras parecidas), a mesma regra se aplica. Ou seja, a vogal final não é ㅏ ou ㅗ, então precisamos colocar “어” e qualquer coisa que estejamos adicionando. Com essas vogais complexas, é irrelevante se você fundir o complemento ao radical. As duas formas (juntas ou não) estariam corretas.

Por exemplo:

바래 + 었다 = 바랬다 or 바래었다
매다 + 었다 = 맸다 or 매었다
메다 + 었다 = 멨다 or 메었다

Aqui está um passo-a-passo mais detalhado:

가다 = ir
A última vogal do radical é ㅏ. Então adicionamos 았다 ao radical.
나는 박물관에 가았다
Como o radical termina em uma vogal, 았다 pode juntar com 가:
나는 박물관에 갔다 = Eu fui ao museu

오다 = vir
A última vogal do radical é ㅗ. Então adicionamos 았다 ao radical.
삼촌은 가게에 오았다
Como o radical termina em uma vogal, 았다 pode juntar com 오:
삼촌은 가게에 왔다 = (Meu) tio veio à loja

배우다 = aprender
A última vogal do radical é ㅜ. Então adicionamos 었다 ao radical.
오빠는 영어를 배우었다
Como o radical termina em uma vogal, 었다 pode juntar com 우:
오빠는 영어를 배웠다 = (Meu) irmão mais velho aprendeu inglês

던지다 = lançar
A última vogal do radical é ㅣ. Então adicionamos 었다 ao radical.
나는 공을 던지었다
Como o radical termina em uma vogal, 었다 pode juntar com 지:
나는 공을 던졌다 = Eu lancei a bola

건너다 = atravessar
A última vogal do radical é ㅓ. Então adicionamos 었다 ao radical.
나는 길을 건너었다
Como o radical termina em uma vogal, 었다 pode juntar com 너:
나는 길을 건넜다 = Eu atravessei a rua

만나다 = encontrar
A última vogal do radical é ㅏ. Então adicionamos 았다 ao radical.
나는 친구를 만나았다
Como o radical termina em uma vogal, 았다 pode juntar com 나:
나는 친구를 만났다 = Eu encontrei amigos

공부하다 = estudar
A última vogal do radical é 하. Então adicionamos 였다 ao radical.
나는 한국어를 공부하였다
Mas, podemos juntar 하 e 여 para formar 해:
나는 한국어를 공부했다 = Eu estudei coreano

.

Futuro

O futuro é fácil e é uma simples questão de adicionar “~겠다” ao radical da palavra. Diferentemente das conjugações do passado e presente, não há diferença se o radical termina em vogal ou consoante. Por exemplo:

나는 먹다 = Eu como (não conjugado)
나는 먹겠다 = Eu comerei

나는 가다 = Eu vou (não conjugado)
나는 가겠다 = Eu irei

나는 배우다 = Eu aprendo (não conjugado)
나는 배우겠다 = Eu aprenderei

Dois verbos específicos que são conjugados normalmente no futuro sem ter, na verdade, algum sentido no tempo futuro são 알다 (saber) e 모르다 (não saber). Eu não quero fazer nenhum exemplo (porque eles seriam complicados demais agora), mas seria bom lembrar que as palavras 알다 e 모르다 são conjugadas normalmente como 알겠다 ou 모르겠다. Apesar de serem conjugadas no futuro, as duas são tipicamente usadas para expressar que uma pessoa sabe/não sabe algo no presente.

Note também que o final da conjugação geralmente mudará de acordo com os diferentes honoríficos que você aprenderá na próxima lição.

Confira  a tabela com detalhes dos verbos no passado, presente e futuro.

Verbo Radical Passado Presente Futuro
먹다 먹었다 먹는다 먹겠다
닫다 닫았다 닫는다 닫겠다
배우다 배우 배웠다 배운다 배우겠다
가다 갔다 간다 가겠다
이해하다 이해하 이해했다 이해한다 이해하겠다
오다 왔다 온다 오겠다
던지다 던지 던졌다 던진다 던지겠다

 

 

Adjetivos

Presente

Você aprendeu anteriormente que é preciso adicionar ~ㄴ/는다 ao radical de um verbo para conjugá-lo no presente. Para conjugar um adjetivo no presente, você não precisa fazer nada! Apenas deixe o adjetivo do jeito que ele está e, então, está conjugado no presente. Alguns exemplos:

그 선생님은 아름답다 = esse professor é bonito
그 길은 길다 = essa rua é longa
나의 손은 크다 = minha mão é grande

 

Passado

Para conjugar adjetivos no passado, você deve seguir a mesma regra de conjugação de verbos no passado. Novamente, a regra é:

Você deve adicionar 았다 ou 었다 ao radical de uma palavra. 았다 é adicionado às palavras cuja última vogal é ㅗ ou ㅏ, e 었다 é adicionado às palavras cuja última vogal é qualquer uma além de ㅏ ou ㅗ. Por exemplo:

그 길은 길었다 = Essa rua era longa (길 + 었다)
그 음식은 맛있었다 = Essa comida estava deliciosa (맛있 + 었다)
그 선생님은 좋았다 = Esse professor era bom (좋 + 았다)
그 식당이 오래되었다 = Esse restaurante é velho*** (오래되 + 었다)

O significado de “오래되다” não é “velho” de uma maneira ruim ou negativa.  Na verdade, indica que alguma coisa existe há muito tempo e agora está “velha”. Uma forma mais apropriada de falar que algo está “velho e caduco” é usar a palavra “낡다”… sem confundir com a palavra “늙다”, que se refere a uma pessoa “velha” (idosa).

Isto é um pouco complicado para você agora, mas apesar de ~었다 ser adicionado a 되 para formar “되었다”, ele pode ser contraído. Ensinar essa parte não é o foco desta lição, então não se preocupe agora. Você aprenderá mais sobre 되다 em lições futuras. Veja a Lição 9 ou Lição 14 para lições próximas que discutem ‘되다’.

Mesmo que 되다 seja normalmente usada e conjugada como um verbo, 오래되다 é um adjetivo neste caso. Isso significa que [além de outras maneiras que ela mudará quando usada com outros princípios gramaticais] ~ㄴ pode ser adicionado para descrever um substantivo que virá a seguir.

Por exemplo: 우리는 오래된 집에 갔다 = Nós fomos à casa velha

Assim como os verbos, se a letra final do radical de um verbo/adjetivo é uma vogal, ~았다/었다 pode ser fundida ao próprio radical:

이것은 비쌌다 = Isto foi caro (비싸 + 았다)
그 남자는 잘생겼다 = Esse homem era lindo (잘생기 + 었다)
그 사람은 뚱뚱했다 = Essa pessoa era gorda (뚱뚱하 + 였다)

 

 

Futuro

Conjugar adjetivos no futuro é o mesmo que conjugar verbos no futuro. Tudo o que você precisa fazer é adicionar 겠다 ao radical do adjetivo:

나는 행복하겠다 = Eu serei feliz
그것은 맛있겠다 = Essa coisa (Isso) será deliciosa
나는 배고프겠다 = Eu estarei faminto

Em geral, esta forma não só é rara em uma conversa como também pouco usada por coreanos.

Confira a tabela com detalhes dos adjetivos no passado, presente e futuro.

Adjetivo Radical Passado Presente Futuro
행복하다 행복하 행복했다 행복하다 행복하겠다
비싸다 비싸 비쌌다 비싸다 비싸겠다
길다 길었다 길다 길겠다
맛있다 맛있 맛있었다 맛있다 맛있겠다
낡다 낡았다 낡다 낡겠다

 

 

Conjugando 있다 e 있다

있다 é uma das palavras mais complexas e versáteis em coreano. Infelizmente, também é uma das palavras mais usadas. É comum ser difícil para quem está aprendendo um idioma entender algumas das palavras mais comuns usadas em seja qual for a língua que eles estejam estudando. Por exemplo, um falante nativo de português pode pensar que os artigos “o” e “a” são palavras muito fáceis já que são usadas com tanta frequência. Mas tente explicar o significado e propósito de “o” e “a” para um coreano e você descobrirá rapidamente que o uso delas é bem complexo.

있다 pode ser um adjetivo ou pode ser um verbo. Isso depende do uso.

있다 é um adjetivo quando usada para indicar que uma pessoa “tem” alguma coisa. Você aprendeu essas frases na Lição 2:

나는 펜이 있다 = Eu tenho uma caneta
나는 차가 있다 = Eu tenho um carro
나는 가방이 있다 = Eu tenho uma bolsa

Como 있다 é considerada um adjetivo, seguimos a regra de conjugação de adjetivos no presente – que é não fazer nada e deixar o adjetivo do jeito que está. Então, as três frases acima estão perfeitamente conjugadas e gramaticalmente corretas.

Quando 있다 é usada para indicar que algo/alguém está em um lugar, também é um adjetivo. Isso também é muito difícil para um falante de português entender. Você aprendeu essas frases na Lição 2:

나는 은행 안에 있다 = Eu estou dentro do banco
개는 집 안에 있다 = O cachorro está na casa
고양이는 의자 밑에 있다 = O gato está debaixo da cadeira

De novo, como este uso de 있다 é considerado um adjetivo, seguimos a regra de conjugação de adjetivos no presente – que é não fazer nada e deixar o adjetivo do jeito que está. Então, as três frases acima estão perfeitamente conjugadas na forma simples e gramaticalmente corretas.

No entanto, o uso de 있다 é muito mais complexo do que apenas esses dois sentidos. 있다 tem muitos usos. Na verdade, há situações que 있다 é considerada um verbo. Neste momento, seu entendimento de coreano não é suficientemente forte para ver exemplos de 있다 como um verbo porque você ainda não aprendeu alguns princípios gramaticais fundamentais. O que eu quero que você leve com você desta lição é que 있다 pode ser um verbo – e, portanto, é conjugada como verbo algumas vezes. Logo, mesmo que os exemplos acima com 있다 estejam propriamente conjugados, há momentos em que a conjugação adequada de 있다 na “forma simples” seria 있는다.

있다 é considerada um verbo quando uma pessoa (ou animal) não está apenas “em” um lugar, mas “permanece” em um lugar ou em um estado por um período. A diferença entre o adjetivo “있다” (indicar que algo/alguém está em um lugar) e o verbo “있다” (indicar que alguém permanece em um lugar ou em um estado) é confusa.

Abaixo estão algumas formas complicadas em que 있다 pode ser vista como um verbo. Você não precisa, de  forma alguma, entendê-las agora. Eu sugiro que você se preocupe com elas quando chegar às lições especificadas nos seus estudos:

  • Na Lição 14, quando ~아/어 있다 é usado para indicar o estado passivo de um verbo
  • Na Lição 18, quando ~고 있다 é usado para indicar que alguém continua fazendo alguma coisa
  • Na Lição 40, ao dizer a alguém para permanecer em um lugar ou em um estado
  • Na Lição 44, quando ~자 é usada para fazer uma sugestão para permanecer em um lugar

Uau, é muita gramática. Entender isso provavelmente será o passo mais difícil que você terá que tomar no seu aprendizado de coreano. E eu realmente estou sendo sincero. Se conseguir passar por esta lição, quase tudo que você vai aprender se relacionará aos princípios apresentados aqui de um jeito ou de outro. Não desista!

Há 1250 exemplos na Unidade 1. Todas elas tem um link para um arquivo de áudio. Você pode fazer o download de todos esses arquivos em um pacote aqui.

Se você tiver qualquer pergunta ou comentário, fique à vontade para fazer um post no nosso Fórum!

Ok, eu entendi! Leve-me para a próxima lição! Ou,

Clique aqui para ter um livro de exercícios para usar com esta lição.